Índia: Velho Estado se omite e deteriora saúde do preso político Kobad

A- A A+

Kobad Ghandy, veterano dirigente maoista na Índia, tem direitos negados na prisão e quadro de saúde agravado por precárias condições de atendimento. Preso desde 2009, Ghandy já foi transferido para várias prisões, e reiteradas vezes protestou contra as insalubres condições a que é submetido nos cárceres do velho Estado indiano

“Desde que fui preso pela polícia de Jharkhand, tenho informado que essa condição é séria e está se deteriorando continuamente. Mas as autoridades ignoraram totalmente isso.”, protestou Kobad em carta enviada no dia 7 de julho ao ativista de defensor dos direitos do povo e professor JNU Moushumi Basu.

Kobad tem 71 anos e, desde que foi preso em Deli, sofre de hipertensão, artrite, hérnia de disco e foi tratado de câncer de próstata, mas mesmo assim tem os pedidos de exames negados.

De acordo com o blog Maoist Road, o professor Basu diz que “sua irmã não ouviu falar dele nas últimas quatro semanas, e sempre que amigos visitavam a prisão, eles eram rejeitados. Seu advogado Rohit Thakur também está encontrando dificuldades para encontrá-lo.”.

Kobad Gandhi 

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja