RR: Indígenas apreendem aviões e agentes e exigem saúde básica

A- A A+

No dia 16 de setembro, indígenas de diversas comunidades Yanomami da região de Surucucu, no município de Alto Alegre (norte de Roraima) apreenderam três aviões e prenderam servidores da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai). A ação foi uma resposta ao descaso e ao processo de genocídio em marcha, mais recentemente expressos na morte de duas crianças por falta de atendimento médico, após contraírem malária.

A combativa ação foi realizada por indígenas com suas armas tradicionais (arcos, flechas e lanças) e trajando as pinturas de guerra típicas de suas comunidades. Não há relatos de feridos. Os indígenas, além de rechaçar o processo de genocídio, realizam a ação para exigir a renúncia do atual coordenador do Distrito Sanitário Especial Indígena Yanomami, Rousicler de Jesus Oliveira, pela sua falta de diálogo com as comunidades Yanomami e fracasso do atendimento médico nas mesmas.

O povo Yanomami sofre, desde os anos 1980, política de genocídio por parte do velho Estado burguês-latifundiário, serviçal do imperialismo. A política genocida de roubo e expulsão dos Yanomami de suas terras tradicionais é dirigida, principalmente, pelo latifundiário e conhecido figurão do velho Estado, Romero Jucá, que atua em Roraima.

Além disso, são notórias as supostas “missões antropológicas” financiadas pelo imperialismo dentro das terras destes povos com o objetivo de explorá-los desde o final dos anos 1970.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Victor Costa

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza