Índia: Maoistas executam dois políticos reacionários

A- A A+
Pin It

Dois políticos do partido reacionário Telegu Desam Party (TDP) foram executados perto da aldeia de Lipittuputtu, há cerca de 15 quilômetros da fronteira dos estados de Andhra Pradesh e Orissa. A notícia foi veiculada pelo blog Dazibao Rojo, em 23 de setembro.

Cerca de 50 guerrilheiros maoistas, sobretudo mulheres, pararam um carro que conduzia o congressista Kidari Sarveswara Rao e o ex-parlamentar do distrito de Visakhaptnam, Siveri Soma. Os revolucionários renderam os seguranças, confiscaram suas armas e executaram os políticos.

A ação dos comunistas pôs os reacionários em temor. “Nós também acabamos de ouvir a notícia. Estamos em choque. A polícia e as autoridades estão no local e teremos mais clareza sobre o incidente em breve”, disse o parlamentar Rammohan Naidu, do TDP, após a repercussão da emboscada. Após o ocorrido, defensores do TDP atacaram duas delegacias, culpando os policiais por negligência.

A ação é uma resposta do PCI (Maoista) aos crimes cometidos contra o povo pelos políticos. Em julho deste ano, o ex-parlamentar Siveri Soma obteve permissão estatal para extrair bauxita na região, o que implica em remoções da população camponesa e tribal que ali vive. Há anos as massas estão lutando contra a mineração na região e em defesa de suas terras, e há alguns anos o PCI (Maoista) organiza essas massas.

Em outubro de 2015, por exemplo, os combatentes revolucionários – dirigidos pelos maoistas – prenderam os políticos M. Balaiah, M. Mahesh e V. Balaiah (todos dirigentes do TDP) para exigir a revogação da decisão do governo, na ocasião, que permitia o início da mineração de bauxita em uma determinada área da região.

A luta na região é tamanha que o próprio Ministro-chefe de Andhra Pradesh, Chandrababu Naidu, está sob proteção policial após ter sido alvo de um ataque com bombas em 2003, em Tirupati, empreendido por maoistas.

Essa é a primeira ação do tipo empreendida desde a emboscada contra um comboio do Congresso Nacional, em 25 de maio de 2013 – naquela ocasião, os revolucionários aniquilaram 27 políticos reacionários e funcionários.

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond
Sebastião Rodrigues
Vera Malaguti Batista

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja