PA: Semana de protestos estudantis em Belém

A- A A+

Comitê de Apoio ao AND de Belém e Região Metropolitana

A última semana do mês de setembro foi marcada por uma série de protestos de estudantes, trabalhadores da educação e pais reivindicando melhorias nas escolas em Belém, no Pará. No dia 25/09, alunos e trabalhadores da educação da Escola Estadual Acy de Barros, no bairro da Sacramenta, reivindicaram melhorias na estrutura da escola que está em péssimas condições e conta com a presença de pombos nos forros, ameaçando a saúde de quem estuda e frequenta o espaço. 

No dia seguinte, pela manhã, estudantes e professores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará (IFPA) fecharam a avenida Almirante Barroso em protesto contra o processo antidemocrático para a escolha dos membros responsáveis pela comissão eleitoral (membros responsáveis por conduzir o processo de consulta para o cargo de Reitor e Diretores). Segundos os alunos, o edital que regula a escolha não foi divulgado amplamente para a comunidade e praticamente ninguém ficou sabendo da assembleia que definiria os termos do edital. O método de votação, denunciam ainda, é antidemocrático, pois poderá ser feito virtualmente e cada pessoa pode trocar de voto quantas vezes quiser até o momento que a votação for finalizada. Os estudantes exigiram que o processo fosse alterado, mas, sem terem suas reivindicações atendidas, resolveram fechar a rua em protesto.

 

No mesmo dia à tarde, ocorreu mais um protesto, dessa vez no bairro do Jurunas, na Escola Estadual Camilo Salgado. Os manifestantes exigiram melhorias nas condições do espaço físico e denunciaram que estão sem bebedouro a mais de um mês.

No dia 28, alunos da Escola Deodoro de Mendonça fecharam a avenida Governador José Malcher, reivindicando melhorias da escola. Essa escola foi palco de uma intervenção da Executiva Nacional dos Estudantes de Pedagogia (ExNEPe) contra a Base Nacional Comum Corricular, no dia 25.

No mesmo dia, outro protesto ocorreu na Avenida Augusto Montenegro. Pais e estudantes de uma escola particular fecharam a avenida protestando por um semáforo mais próximo a escola para facilitar a travessia e locomoção da comunidade escolar em uma das vias mais movimentadas da cidade. 

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Victor Costa

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza