RO: Latifúndio solicita despejo e PM executa

A- A A+

Com informações da Comissão Pastoral da Terra (CPT)

Cerca de 35 famílias camponesas do Acampamento Conquista em Jacinópolis, distrito do municipío de Nova Mamoré em Rondônia, foram despejados no dia 26 de setembro. De acordo com relato enviado pelas famílias à Comissão Pastoral da Terra (CPT), a Agropecuária Rio Machado (antiga Condor) é a responsável pelo despejo.

O Acampamento Conquista era produto de uma vitoriosa ocupação de uma “área pública e improdutiva da Gleba Buritis”, existente desde o dia 20 de novembro de 2017, de acordo com a CPT. Os camponeses lá produziam uma série de alimentos como banana, mandioca e feijão, além de também possuírem criação bovina. O acampamento por quase um ano de luta era alvo de pistolagem chefiada por um indivíduo conhecido como “Sorriso”.

A decisão pelo despejo foi resultado de uma audiência para a qual os camponeses sequer foram convidados. Uma operação de guerra com cerca de 20 caminhonetes, atiradores de elite, policiais armados com fuzis e um helicóptero foi realizada para cumprir o despejo. A ação contou com a participação do 7º Batalhão da Polícia Militar de Ariquemes, Polícia Civil, Forças Especiais, Corpo de Bombeiros e da Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia.

Os camponeses denunciam também que policiais humilharam e assediaram uma mulher camponesa. Após o despejo, os camponeses do Acampamento Conquista seguem sua luta ocupando um terreno às proximidades, afirma o relato enviado à CPT.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Fausto Arruda

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza