RJ: Trabalhadores da UFF aprovam continuidade da greve

A- A A+

Após não ser recebida em audiência pelo reitor, que desmarcou a reunião, a categoria decidiu deflagrar greve a partir do dia 10 de outubro. A decisão foi deliberada em assembleia após ato unificado com os estudantes. No próprio dia 10 ocorreu a primeira assembleia de greve e a formação do Comando de Greve.

Estão entre as reivindicações a defesa das 30 horas, contra o ponto eletrônico, contra as mudanças arbitrárias de escala de trabalho no  Hospital Universitário Antonio Pedro (HUAP), pela revogação da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) na UFF e por concurso público para as vagas ociosas do HUAP.

Em nota publicada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Universidade Federal Fluminense (Sintuff), é afirmado que: “Nas reuniões, a categoria tem assistido muita enrolação, distorção e demagogia. As tentativas de jogar estudantes contra servidores, ao desmarcar audiências alegando que a manifestação de um dos segmentos impedia a reunião com o outro, só mostrou o quanto essa reitoria apela para artimanhas de forma a fugir da negociação”.

Na assembleia de greve, que ocorreu no dia 17 de outubro, foi aprovada continuidade da greve e calendário de novas atividades. Após a assembleia, servidores foram até o Gabinete do Reitor pressionar pela abertura de negociação que, após desmarcar a audiência do dia 3/10, o reitor segue sem indicar uma data.

Entre as resoluções foram organizadas panfletagem aos estudantes nas entradas dos campi e reunião do Comando de Greve no dia 23/10, além de ato no HUAP e Assembleia Geral no dia 24/10.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Fausto Arruda

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza