Colonos israelenses despejam esgoto em escola palestina

A- A A+

Por mais de dez dias consecutivos e pela segunda vez dentro de um período de dois meses, uma escola palestina da vila Azzun Atma, no distrito de Qalqilia (norte da Cisjordânia) teve sua rotina alterada. Isto porque, na última semana, colonos israelenses resolveram novamente despejar o esgoto do assentamento ilegal de Sha’are Tikva dentro das dependências do colégio.

Segundo Alaa Marabeh, diretora da escola Azzun Beit Amin, todo esse longo período é necessário até que se consiga secar as dependências da unidade e dissipar o odor, além de tentar garantir a eliminação do risco de contaminação de alunos e professores. Desta vez, conta a diretora, todo o pátio e a área de lazer da escola ficaram inundados.

Os palestinos não possuem jurisdição sobre os atos de violência e assédio praticados pelos colonos, atos estes que são parte da cartilha estimulada pelo Estado de Israel, mesmo que estejam habitando as localidades em desacordo até mesmo com o Direito Internacional - histórico favorecedor de políticas genocidas. Fica, portanto, a cargo das tropas invasoras a resolução de tais conflitos, onde os colonos mantêm suas práticas impunemente, como consequência.

Ao todo, estima-se que aproximadamente 4 mil colonos vivem no assentamento de Sha’are Tikva e, que em toda a Cisjordânia, com números de 2015, existam cerca de 227 assentamentos ilegais.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Fausto Arruda

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza