Organizações populares realizam 1º de Maio presencial em Fortaleza

Organizações populares realizam 1º de Maio presencial em Fortaleza

Print Friendly, PDF & Email

Durante ato do 1° de maio, ativistas levam faixa exigindo direitos básicos para o povo. Foto: Comitê de Apoio – Fortaleza (CE) 

No dia 1° de Maio de 2021, data de extrema importância para classe operária e demais massas populares do mundo, realizou-se em Fortaleza, capital do estado do Ceará, uma atividade de propaganda e agitação política. Dentre as organizações participantes, estavam o Coletivo Carcará e o Comitê de Apoio – Fortaleza (CE), construíam o ato também as organizações: Federação das Organizações Sindicalistas Revolucionárias do Brasil (FOB), Partido Operário Revolucionário (POR) e GEAP.

Mesmo com as condições de “isolamento social impositivo”, os ativistas se fizeram presentes, rompendo com o imobilismo das organizações oportunistas que assistem a boiada passar por cima do povo, enquanto esperam um “salvador da pátria” para a farsa eleitoral de 2022. Parafraseando o Edital “As tendências deste golpe militar”, do Jornal AND: ” As massas populares estão temporariamente órfãs de um projeto político, e a disputa por conquistá-las está entre a pregação fascista de Bolsonaro e o caminho democrático-revolucionário de Nova Democracia, que tem o dever de impulsionar ao máximo sua penetração, com a ação e propaganda revolucionárias. É um dever inadiável e qualquer procrastinação revela-se um crime.”

Ato presencial do 1° de maio em Fortaleza, estado do Ceará. Foto: Comitê de Apoio – Fortaleza (CE)

As massas da região se interessaram e ouviram com atenção as intervenções dos ativistas e das organizações presentes. Através das intervenções, foram realizadas as denúncias em torno da vacinação, que em nosso país vem à conta gotas, por um auxílio emergencial digno até o fim da recessão e também, buscou-se desmascarar os oportunistas, que hoje, enquanto o povo sofre os maiores ataques propaga o eterno “fica em casa”, enquanto no ano passado promoviam as maiores aglomerações em torno da farsa eleitoral. Mesmo com a tentativa de intimidação por parte da polícia, a atividade foi vitoriosa e foi realizada até o final.

 

Organizações populares fazem ato em homenagem ao dia do Internacionalismo Proletário. Foto: Comitê de Apoio – Fortaleza (CE)

VIVA O 1º DE MAIO, DIA DO INTERNACIONALISMO PROLETÁRIO!

VIVA A ALIANÇA OPERÁRIO-CAMPONESA!

POR UMA REVOLUÇÃO DE NOVA DEMOCRACIA!

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: