PA: Povo Munduruku protesta contra a liberação do garimpo em terras indígenas

PA: Povo Munduruku protesta contra a liberação do garimpo em terras indígenas

Print Friendly, PDF & Email

Caciques Munduruku juntos a cerca de 200 indígenas protestam na Câmara dos Vereadores de Jacareacanga. Foto: Reprodução/Arquivo Munduruku

Cerca de 200 representantes do povo Munduruku protestaram em frente à Câmara dos Vereadores de Jacareacanga, sudoeste do Pará, contra a liberação dos garimpos e da mineração em sua terras. Os indígenas levavam a mensagem de 140 caciques das aldeias da Terra Indígena Munduruku do Alto Tapajós aos vereadores do município, onde afirmam que os parlamentares não têm o direito em falar em nome do seu povo, e que não aceitarão passivamente essa exploração.

“Estamos aqui manifestando e pedindo socorro, porque os próprios políticos e vereadores estão nos matando, ajudando a poluir nossos rios, dialogando com o governo em nome do nosso povo. Não aceitamos que nenhum vereador fale nem sobre a regularização do garimpo e mineração nas nossas terras e nem sobre o processo de indenização das Itm’ a Wuy jugu (urnas funerárias do povo Munduruku). Nenhum vereador está autorizado em falar em nome do nosso povo Munduruku”, diz um trecho da carta divulgada durante o protesto.

Além da ação em Jacareacanga, no dia 27 de setembro, o movimento Munduruku Ipereg Ayu interrompeu a audiência pública denominada “Mineração: Economia, Meio Ambiente e Sociedade”, que estava sendo realizada na cidade de Itaituba, para protestar contra a legalização da mineração na região. Os indígenas exigiram ainda consulta prévia ao seu povo.

Como a intenção de Bolsonaro e do seu governo de generais é transformar a Amazônia numa grande Serra Pelada, a resistência dos povos indígenas se renova a cada dia.

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: