PB: Trabalhadores da limpeza de João Pessoa protestam por direitos

PB: Trabalhadores da limpeza de João Pessoa protestam por direitos

Print Friendly, PDF & Email

Trabalhadores da limpeza urbana de João Pessoa realizaram, no dia 16, protesto em frente aos portões da empresa privada Ambiental Soluções, responsável pelo serviço na capital paraibana, devido ao não pagamento das férias e vale-alimentação. 

Em entrevista ao monopólio da imprensa, Jonas Souza, diretor executivo do Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Limpeza Urbana no Estado da Paraíba (Sindlimp) informou que os trabalhadores foram postos em férias 15 dias atrás e, após retornarem, não receberam os valores decorrentes desse direito e também do vale alimentação, ambos previstos em lei e em acordo coletivo.

Segundo Jonas, os trabalhadores, além de não receberem as verbas que lhes eram de direito, ao retornarem das férias, recolheram apenas os dias trabalhados e foram postos em aviso prévio.

Além disso, o diretor executivo do Sindlimp acusou as empresas que prestam serviços de limpeza urbana de não disponibilizarem materiais de higiene e proteção, necessários contra coronavírus, na atual conjuntura. Em vídeo feito pelos trabalhadores, nos portões da empresa, eles acusam a polícia de os reprimir no dia anterior (15), devido ao protesto de mesma pauta.

Manifestação dos trabalhadores da limpeza urbana de João Pessoa. Foto:T5-Paraíba. 

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: