PE: Estudantes do Movimento Ventania organizam atividades em apoio à greve dos servidores do IFPE

A participação do Movimento Ventania na assembleia demarcou uma posição dos estudantes consequentes que foram aplaudidos pelos professores e técnicos do instituto.

PE: Estudantes do Movimento Ventania organizam atividades em apoio à greve dos servidores do IFPE

A participação do Movimento Ventania na assembleia demarcou uma posição dos estudantes consequentes que foram aplaudidos pelos professores e técnicos do instituto.
Print Friendly, PDF & Email

No dia 3 de abril, às 9 horas da manhã, estudantes do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE) foram apoiar a assembleia do Sindicato dos Servidores dos Institutos Federais de Pernambuco (SINDSIFPE), que teve como pautas a adesão à greve, formação dos comandos de greve locais, além dos encaminhamentos. A participação do Movimento Ventania na assembleia demarcou uma posição dos estudantes consequentes que foram aplaudidos pelos professores e técnicos do instituto.

Além da defesa da greve pela pauta dos professores e técnicos, as estudantes falaram sobre a importância da luta contra o Novo Ensino Médio, e por melhorias dentro da escola, como manutenção dos bebedouros e pelo pagamento das bolsas e auxílios estudantis que sempre atrasam, ou que não são pagas desde Novembro do ano passado. Com as palavras de ordem A nossa luta unificou, é estudante junto com trabalhador! e Para barrar a precarização, Greve geral, Greve geral de ocupação, as estudantes, que receberam muitos aplausos e apoio dos professores e técnicos ao final da intervenção pediram contribuição financeira para o apoio da luta independente, classista e combativa, e arrecadaram cerca de R$ 500 para confeccionar faixas, cartazes, comprar tinta e imprimir panfletos para mobilização do próximo ato no dia 09/04 contra o Novo Ensino Médio.

A ação dos estudantes do movimento chocaram-se diretamente com as “táticas” escolhidas por outros setores do movimento estudantil, mais ligados ao oportunismo. Em vez de simplesmente ficarem em casa, os estudantes independentes propuseram, em uma plenária realizada as 13h do mesmo dia, discutir a atuação dos estudantes na greve e a luta contra o Novo Ensino Médio.

Foi encaminhado que a reunião de formação sobre o “NEM” que ocorreria dia 04/04 na UFPE às 13h horas acontecesse no auditório da escola mesmo dia e horário. Além disso, foi deliberado que colocariam a proposta na reunião do comando de greve (05/04) de fazer quentinha e doar as comidas congeladas do IFPE (por tempo indeterminado devido a greve) para as comunidades ao entorno da escola. Os estudantes na plenária propuseram de eles próprios prepararem as quentinhas e distribuir, caso aprovado a proposta.

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: