PE: Polícia ataca manifestação de pequenos comerciantes do Ceasa

PE: Polícia ataca manifestação de pequenos comerciantes do Ceasa

Print Friendly, PDF & Email

Comerciante foi ferido por policiais que atacaram a manifestação. Foto: Reprodução

Na madrugada de 29 de julho, pequenos comerciantes do Centro de Abastecimento e Logística de Pernambuco (Ceasa), localizado no Curado, na Zona Oeste do Recife, Pernambuco, realizaram uma manifestação contra a cobrança para a higienização de caixas utilizadas para carregar os produtos vendidos no local.

Segundo relatos dos trabalhadores, a Polícia Militar agiu com truculência e atacou a manifestação com balas de borracha e spray de pimenta. “Eles chegaram atirando, sem olhar quem estava na frente”, disse um comerciante a um canal de TV local.

Por volta das 3h, os manifestantes fecharam as entradas do Centro, que foram liberadas às 6h. Eles chegaram a estacionar caminhões em fila na entrada.

Os comerciantes denunciaram ainda que as caixas que não estão no padrão “exigido pelo Ceasa” têm que ser higienizadas e a cobrança ocorre na entrada. “Só que de 100 caixas que a gente usa, só 20 são do Ceasa. São poucas, e, desde a madrugada que está esse rolo aqui”, afirmou Luiz de Oliveira.

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: