Peru: Militar reacionário é ferido em ações de boicote às eleições

Peru: Militar reacionário é ferido em ações de boicote às eleições

Print Friendly, PDF & Email

O Exército Popular de Libertação (EPL) dirigido pelo Partido Comunista do Peru (PCP) feriu um militar das Forças Armadas peruanas no ombro como parte das ações de boicote à farsa eleitoral municipal e regional. Várias ações de repúdio ao pleito ocorreram durante os dias 7 e 8 de outubro na região do Vale dos Rios Apurímac, Ene e Mantaro (Vraem).

Quatro colunas de combatentes dirigidos pelo PCP estavam concentradas à margem direita do Rio Imaibamba, na área de Cedro Pampa em Tayacaja (Huancavelica) observando com binóculos o movimento do Batalhão especializado em combater os maoistas de Cochabamba Grande.

Cerca de 36 homens e quatro mulheres foram avistados nas colunas revolucionárias portando rádio, armas e facões.

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: