Editorial semanal – Fenecendo, porém vivo – 05/01/2022

Editorial semanal – Fenecendo, porém vivo – 05/01/2022

Print Friendly, PDF & Email

Para popularizar e facilitar sobretudo para os operários e camponeses a compreensão das páginas mais importantes do jornal A Nova Democracia, a redação do AND decidiu por narrar o Editorial semanal.

“O desespero de Bolsonaro para reproduzir-se no cargo é proporcional à sua vinculação com o “centrão”. Depois de liberar R$ 909 bilhões em emendas ao relator do orçamento para viabilizar seu “Auxílio Brasil” (projeto que é sua esperança para reverter o quadro das pesquisas eleitorais), Bolsonaro através do seu ministro Paulo Guedes deve nomear nos próximos dias o apadrinhado do mensaleiro Valdemar Costa Neto, José Gomes da Costa, para comandar o Banco do Nordeste.

A lista da promiscuidade de Bolsonaro com o antes demonizado “centrão” (a centro-direita parlamentar, fisiológica) cresceu à medida que a instabilidade de seu governo se agravou, e crescerá tanto mais à medida que suas chances eleitorais minguarem – até e se concluir que não vencerá as eleições, quando deve passar a sérias provocações.”

Questões relativas ao Tibete, de Amit Bhattacharyya

Leia, divulgue e assine!

loja.anovademocracia.com.br/assinaturas

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: