População fecha rodovia em protesto contra aumento da passagem de ônibus

População fecha rodovia em protesto contra aumento da passagem de ônibus

Print Friendly, PDF & Email

Um novo protesto contra o aumento das tarifas no transporte público ocorreu, desta vez em União (PI), cidade há 65 km de Teresina, no dia 6 de fevereiro. Trabalhadores e estudantes bloquearam a PI-112, rodovia que liga a cidade até a capital, com barricadas feitas com pneus e troncos de árvores.

Desde as seis horas da manhã manifestantes fecharam as pistas da rodovia impedindo a passagem dos veículos nos dois sentidos durante toda a manhã. A passagem dos ônibus e vans que fazem o trecho União-Teresina aumentou de R$ 6 para R$ 8.

A tarifa já era considerada cara e pesava na renda dos moradores que precisam se deslocar até a capital para o trabalho ou estudo. O gasto era de pelo menos 12 reais por dia, fora o coletivo dentro da cidade. Com o aumento, se locomover até Teresina tornou-se ainda mais difícil.

O valor é incompatível inclusive com o curto trajeto realizado pelo transporte. Além disso, o serviço estaria sucateado, com conduções velhas, demorando cerca de duas horas para fazer um percurso que de carro leva 30 minutos.  

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: