PR: Celebração da Grande Revolução Socialista de Outubro reúne centenas em Laranjeiras do Sul

PR: Celebração da Grande Revolução Socialista de Outubro reúne centenas em Laranjeiras do Sul

Print Friendly, PDF & Email

Estudantes e professores de Laranjeiras do Sul (PR), organizados no Grupo de pesquisa Questão agrária e Juventude rural, educação, trabalho e cultura camponesa, promoveram nos meses de outubro e novembro uma série de eventos em celebração ao centenário da Grande Revolução Socialista de Outubro de 1917.

As atividades que envolveram encontros de estudos e debates em colégios estaduais da região, além de uma exposição de fotografias históricas da Revolução de 1917, culminaram na realização de um seminário intitulado 100 anos da Revolução Russa, educação, trabalho e cultura na perspectiva socialista, em 23 de novembro, na Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) campus de Laranjeiras do Sul.

Os encontros de estudos e debates foram realizados durante os meses de outubro e novembro em mais de 6 escolas estaduais de Laranjeiras do Sul, Rio Bonito do Iguaçu e Cantagalo e envolveram centenas de estudantes.

À convite dos organizadores, o jornal A Nova Democracia esteve presente no seminário do dia 23/11, e apresentou os aspectos da Revolução Russa na Questão Agrária Brasileira e o papel da Imprensa Popular e Democrática, destacando como o jornal tem abordado estas questões sob sua Linha Editorial.

As palestras promovidas no seminário discutiram a atualidade e as lições históricas da Revolução Bolchevique de 1917 para as revoluções proletárias no Brasil e no mundo, abordando a questão agrária como centro para a solução dos problemas no país.

Estudantes e professores também apresentaram, neste último dia de eventos, as sínteses dos trabalhos desenvolvidos pelo Grupo de pesquisa que abordaram os temas: as mulheres na revolução; Educação e revolução; Os camponeses e a revolução; Internacionalismo e a revolução;

Em um clima animado e celebrativo, a abertura das palestras e apresentações foram marcadas pela execução da Internacional, o hino do proletariado mundial. Sempre acompanhada por voz e violão, e precedida da devida explicação de seu significado pelo professor coordenador do evento, ela foi entoada por todos os presentes em honra a gloriosa data.

Ao longo de todo o dia também foram exibidos vídeos das atividades e cantadas músicas populares e de luta, como Aroeira, de Geraldo Vandré, e a canção Bella Ciao, símbolo da resistência antifascista.

Com uma bem organizada programação, o contagiante seminário contou com a participação centenas de pessoas, dentre estudantes de colégios estaduais, universitários e professores.

No mesmo dia do evento, apoiadores de AND montaram uma banquinha divulgando livros e materiais relacionados com o tema. 

Entrada do auditório antes do início da palestra O centenário da revolução Russa e a Era das revoluções proletárias

Exibição de filme durante Seminário em Laranjeiras do Sul

Exposição de fotos e imagens da Revolução Bolchevique de 1917 na Universidade Federal da Fronteira Sul

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: