PR: Estudantes boicotam campanha da prefeitura de Curitiba

PR: Estudantes boicotam campanha da prefeitura de Curitiba

Print Friendly, PDF & Email

Foto: Comitê de Apoio de Curitiba

Entre dezembro de 2019 e fevereiro de 2020, dezenas de cartazes e murais de uma campanha “anti-vandalismo” tem sido alterados com intervenções assinadas pela organização estudantil Alvorada do Povo. A atividade dos estudantes ocorreu em resposta à campanha do prefeito Rafael Greca, que consiste em fixar grandes cartazes em pontos de ônibus, praças e outros locais da cidade em que se lê: “I Love Curitiba, todos contra o vandalismo”, frase que convoca a população a se unir contra pichações e manifestações políticas feitas nos muros da cidade, cada vez mais frequentes.

Foram colados, por cima da palavra “vandalismo”, adesivos com situações que de fato necessitam da atenção e repúdio da população, tais como “reforma da previdência”, “imperialismo ianque”, “genocida Exército brasileiro”, “fechamento das escolas” e “cortes na educação”, como forma de boicotar a campanha e demonstrar às “autoridades” que o povo não é cego e sabe contra o que e contra quem deve lutar.

A prefeitura de Curitiba tem constantemente lançado campanhas como essa, com a justificativa de “preservar” a cidade e sua história, porém, tem ficado claro seu verdadeiro e único objetivo: silenciar as massas que buscam nos muros da cidade uma forma de propaganda e divulgação da linha e pensamento populares.

Foto: Comitê de Apoio de Curitiba

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: