PR: Vitoriosa brigada do AND em defesa da Greve Geral de Resistência Nacional

PR: Vitoriosa brigada do AND em defesa da Greve Geral de Resistência Nacional

Print Friendly, PDF & Email

Na véspera das grandes manifestações do dia 30 de Maio, que em todo país trouxeram o chamado à Greve Geral, o Comitê de Apoio ao AND de Curitiba realizou uma vitoriosa brigada no transporte coletivo da cidade.

A atividade teve início no horário de almoço no terminal Guadalupe, com intervenções calorosas para os trabalhadores que faziam fila à espera dos ônibus. Os brigadistas apresentaram o jornal, falaram do papel da imprensa popular e democrática na difusão das lutas do povo, denunciaram todas as medidas antipovo e vende-pátria do governo Bolsonaro – tutelado pelo Alto Comando das Forças Armadas -, e reforçaram a necessidade de construção de uma vigorosa Greve Geral de Resistência Nacional. Foi citado o exemplo da greve dos caminhoneiros no ano passado, que ocorreu de forma justa, autônoma e com amplo apoio popular, suficiente para deixar o governo da época com o rabo entre as pernas.

À noite, a atividade seguiu dentro dos ônibus que levam à região metropolitana. Foi possível conversar com vários trabalhadores, que falaram da sua insatisfação com a “reforma” da Previdência, com o desemprego e com o governo que só beneficia os ricos do país. Ficou claro o nefasto papel que vem tendo os monopólios de mídia ao colocar a “reforma” da Previdência como imprescindível e inevitável para a recuperação da economia e geração de emprego, pois muitos, apesar da sua revolta, não viam a possibilidade de não haver reforma alguma. Porém, com alguns minutos de conversa, mostrando, através do AND, como o povo se levanta em todo o país, muitos mudaram de opinião. Inclusive uma trabalhadora, depois de conversar com os brigadistas e comprar a última edição do AND, disse que participaria das manifestações que ocorreriam no dia seguinte.

Mesmo nos pontos de ônibus, a atividade não cessou por um minuto. Conversando com os brigadistas, vendedores ambulantes e cobradores falaram sobre a situação política nacional e internacional, resultando em ricos debates, em que também foram denunciadas as medidas contra os camponeses em luta pela terra em todo o país, como a defesa de Bolsonaro de que latifundiários grileiros de terra possam assassinar camponeses.

A atividade foi bastante exitosa. Entre edições a preço de capa e antigas, foram quase 100 exemplares de AND que chegaram às mãos do povo, levando a bandeira da construção de uma grande Greve Geral de Resistência Nacional.

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: