Quênia: Manifestação estudantil é brutalmente reprimida pela polícia

Quênia: Manifestação estudantil é brutalmente reprimida pela polícia

Print Friendly, PDF & Email

Policiais e militares agridem estudante que está no chão

Vários estudantes foram feridos durante uma brutal repressão policial contra um protesto ante a crescente inseguridade e roubos dentro do campus da Universidade Jomo Kenyatta de Agricultura e Tecnologia, no Quênia, no dia 11 de novembro. Os estudantes chegaram a bloquear por horas uma super-rodovia durante o protesto.

Os alunos acusaram as “autoridades” de não os protegerem dos criminosos. Eles afirmaram que os bandidos impunham terror no campus, roubando telefones, dinheiro e laptops na universidade logo pela manhã. Uma estudante, inclusive, se encontra no hospital após ter sido esfaqueada durante um roubo.

Um vídeo que ficou viral no Quênia mostra quatro policiais espancando uma estudante que está deitada no chão, sem poder revidar, durante o protesto do dia 11. Outro estudante foi fotografado deitado ferido em uma vala depois de ser espancado pelos policiais armados.

Estudantes formam barricadas e bloqueiam a “super rodovia de Thika” em protesto contra a crescente inseguridade no campus de Juja. Foto: John Kamau

Alguns estudantes também denunciam terem sido atacados pelos mesmos bandidos contra os quais protestavam, logo antes de serem vítimas de gás lacrimogêneo pela polícia.

O comandante da polícia, após a divulgação dos vídeos e fotos mostrando a brutalidade policial, descreveu o que aconteceu como um “incidente infeliz”. Todos os agentes da polícia foram “treinados sobre a necessidade de respeitar os direitos humanos e as liberdades fundamentais”, disse ele, cinicamente.

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: