Revista ‘O Maoista’ lança seu segundo número

Revista ‘O Maoista’ lança seu segundo número

Print Friendly, PDF & Email

Foi publicado o segundo número da Revista O Maoista, órgão teórico emitido por uma parcela dos partidos e organizações do Movimento Comunista Internacional (MCI). A edição é datada de outubro de 2018 e tem como tema os 100 anos da Grande Revolução Socialista de Outubro – data marcada e celebrada no ano passado.

“Os seguintes artigos que se entregam para o estudo e discussão são produto do esforço de diferentes partidos e organizações maoistas para compreender, à luz do maoismo, os diferentes problemas que resolveu Lenin para conquistar este grande feito da história da revolução proletária mundial que abriu a Nova Era – a Era da Revolução Proletária Mundial – na qual nós nos desenvolvemos.”, afirma o Comitê de Redação da Revista, em sua apresentação.

Os redatores fazem ainda uma breve avaliação do processo de “reunificação dos comunistas no mundo”, que, segundo eles, “avança para a Conferência Internacional Maoista Unificada” e que, daí, nascerá “uma nova organização internacional dos partidos e organizações maoistas”.

Segundo o Comitê de Redação da Revista, a situação internacional e do MCI é marcado por avanços. “As reconstituições ou constituições de partidos comunistas marxistas-leninistas-maoistas militarizados vão adiante em meio de ações armadas, preparando o início e desenvolvimento de guerras populares para conquistar o Poder em seus respectivos países, em função e a serviço da revolução proletária mundial.”, caracteriza.

“É necessário iniciar e desenvolver novas guerras populares, elevando assim as ações por superar a dispersão no MCI e alcançar a coordenação entre as guerras populares já existentes e as que irem somando-se, para mudar a correlação de forças entre revolução e contrarrevolução armadas no mundo a favor da revolução, alcançar a reunificação do MCI em função da conformação de uma rediviva Internacional Comunista, cujo mando e guia seja o marxismo-leninismo-maoismo, principalmente maoismo, tarefa pendente de caráter estratégico.”, proclama.

A Revista, em formato digital e no idioma espanhol; e a Apresentação do seu Comitê de Redação traduzida para o português podem ser encontradas no blog serviraopovo.wordpress.com.

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: