RJ: Barricadas são incendiadas contra morte de trabalhador durante operação policial em São Gonçalo

RJ: Barricadas são incendiadas contra morte de trabalhador durante operação policial em São Gonçalo

Print Friendly, PDF & Email

Foto: Reprodução

Nesta segunda-feira, 13 de maio, moradores da Favela da Linha, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio, ergueram barricadas em chamas para bloquear trechos da Rodovia RJ-106, a Rodovia Amaral Peixoto, por conta da morte de um morador durante uma operação policial realizada durante a madrugada.

Revoltada, a população local usou pneus, sacos de lixo e galhos para fechar o trânsito na altura do Km 7 no fim da manhã. Em seguida, outros trechos foram fechados, no Km 8 e na entrada de Várzea das Moças, um bairro bimunicipal entre Niterói e São Gonçalo.

Em vídeo publicado pela página Central de Notícias de Maricá, uma moradores desabafa durante o protesto:

– Mataram um morador, mataram trabalhador. Covardia desse governo merda! Esse governo merda do Bolsonaro tá matando pai de família.

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: