RJ: Catador de materiais recicláveis é censurado pela PM

RJ: Catador de materiais recicláveis é censurado pela PM

Print Friendly, PDF & Email

Willen Marques é um catador de materiais recicláveis morador da cidade do Rio de Janeiro. Na tarde de 3 de janeiro, foi abordado por dois policiais militares enquanto realizava o seu trabalho, que o obrigou a apagar a frase “Se eu pudesse reciclaria todos os políticos”, escrita em sua carroça. “Essa frase está afrontando o governo. Pode, não. Apaga ou a gente apreende tua carroça”, teriam dito.

Mesmo se comprometendo a apagar a frase, o catador foi conduzido até a delegacia, onde foi liberado apenas após a confirmação de não haver nenhum antecedente criminal.

A carroça de Willen havia sido customizada através do projeto Pimp My Carroça. Mundano, o artista responsável pelo graffiti, se manifestou nas redes sociais:

“Hoje fiquei sabendo da censura do meu trabalho, que para mim não é novidade e a enxergo como um elogio. O que me chamou a atenção é que os mesmos policias veem essa frase há anos, só agora ordenaram que fosse apagada”. 

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: