RJ: Contra despejo, moradores fecham avenida no Centro

RJ: Contra despejo, moradores fecham avenida no Centro

Print Friendly, PDF & Email

Famílias bloqueiam avenida Presidente Vargas em protesto por moradia / Foto: Comitê de Apoio ao AND do Rio de Janeiro

Cerca de 50 moradores de um terreno ameaçados de despejo protestaram durante todo o dia em frente a prefeitura do Rio de Janeiro exigindo respostas da prefeitura, no dia 6 de junho, fechando a avenida Presidente Vargas, no centro da cidade. Eles estão sendo ameaçados de despejo pela construtora PDG em briga por um terreno em São Cristóvão, onde estão há dois anos mais de 200 famílias.

De acordo com o morador do terreno, que se identificou como Rafael, o protesto se dá porque as famílias estão sendo expulsas de um terreno e o prefeito não está cumprindo com acordo feito junto a eles.

Segundo ele, o prefeito da cidade, Crivella, prometeu inserir todas as famílias no “aluguel social” caso não houvesse acordo com a requerente do terreno. Apenas 70 famílias haviam sido cadastradas.

Rafael disse também que vários moradores se endividaram comprando material para construir os casebres e que agora estão sendo obrigados a sair sem ter para onde ir.

Um outro morador, identificado como Alex, alertou que o caminhão já está nas redondezas da ocupação para retirar os moradores. “O pessoal tá lá, o caminhão tá lá pra tirar nossas coisas. Daqui pra amanhã a gente tem que desocupar”, denunciou.

Foto: Comitê de Apoio ao AND do Rio de Janeiro

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: