RJ: Jovem leva tiro de fuzil durante operação da PM no Lins

RJ: Jovem leva tiro de fuzil durante operação da PM no Lins

Print Friendly, PDF & Email

O jovem Carlos Eduardo Guerra dos Santos, de 18 anos, foi baleado à queima roupa na região da barriga por um tiro de fuzil 7,62 durante uma operação da Polícia Militar (PM), no dia 15 de agosto, na comunidade da Cachoeirinha, no bairro do Lins, Zona Norte do Rio de Janeiro.

Segundo Natália Guerra dos Santos, mãe de Carlos, em entrevista ao AND, ele estava indo buscar uma cama que ganhou de presente de uma prima quando os policiais chegaram. Testemunhas afirmam que começou uma troca de tiros e, nesse momento, os policiais viram Carlos descendo o morro e deduziram que era um traficante.

Natália afirmou que seu filho correu e entrou na casa de sua prima desesperado, pedindo ajuda, mas os policiais o encurralaram, acusaram-o de ser o dono de um pente de pistola que estava caído na rua e atiraram à queima roupa na sua barriga. Ainda segundo a mãe, os vizinhos e a prima do jovem ficaram com medo de ajudar, pois a polícia continuava atirando.

Carlos foi levado ferido para o Hospital Salgado Filho, também na Zona Norte do Rio, e não corre risco de vida. Até a tarde do dia 16 de agosto, Carlos estava incomunicável e sua família não tinha informações sobre seu estado de saúde.

Complexo do Lins. Foto ilustrativa

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: