RJ: Manifestantes protestam no supermercado Extra contra o assassinato de Pedro Gonzaga

RJ: Manifestantes protestam no supermercado Extra contra o assassinato de Pedro Gonzaga

Print Friendly, PDF & Email

Fotos: Ellan Lustosa/A Nova Democracia

Há 4 dias atrás, em 17 de fevereiro, centenas de manifestantes se reuniram no estacionamento do supermercado Extra, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, onde o jovem Pedro Henrique Gonzaga foi covardemente assassinado por um segurança.

Os manifestantes levaram cartazes com a frase Vidas negras importam e confeccionaram uma grande faixa escrita Jovem negro vivo. Além do caso de Pedro Henrique, os presentes no ato criticaram duramente o genocídio da juventude pobre e negra pelas forças policiais do velho Estado. Alguns manifestantes deitaram no chão representando estes jovens assassinados.

O fotógrafo de AND, Ellan Lustosa, esteve presente e registrou os principais momentos da manifestação. Além do Rio de Janeiro, outros protestos ocorreram em outros estados, como São Paulo e Pernambuco.

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: