RJ: Polícia retira faixa ‘Botafogo Antifascista’ durante jogo no Engenhão

RJ: Polícia retira faixa ‘Botafogo Antifascista’ durante jogo no Engenhão

Print Friendly, PDF & Email

Reprodução/Instagram

No dia 8 de dezembro, durante a disputa entre Botafogo e Ceará realizada no estádio Nilton Santos (o Engenhão), zona norte do Rio de Janeiro, pelo Campeonato Brasileiro, policiais militares removeram uma faixa levantada por torcedores com a frase Botafogo Antifascista.

Para tal ação, a Polícia Militar de Witzel alegou que não poderia haver manifestação política nas faixas expostas no estádio.

Nas redes sociais, os torcedores do Botafogo se manifestaram: “O Estatuto do Torcedor não prevê isso, na verdade o Estatuto do Torcedor garante a liberdade de expressão, que foi quebrada hoje”.

No Instagram, o perfil Botafogo Antifascista protestou contra a atitude policial que teve clara motivação política: “Crime no Brasil é ser antifascista!”.

O youtuber Felipe Neto também se manifestou em rede social: “Como alguém ser contra o fascismo pode ser um ato político passível de punição? Apenas no estado do Witzel e Crivella”.

Assista o vídeo: https://www.instagram.com/p/B51A5AAJ_UP/?utm_source=ig_embed&utm_campaign=loading

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: