RN: Servidores da saúde em greve

RN: Servidores da saúde em greve

Print Friendly, PDF & Email

Servidores da Saúde do RN entram em greve — Foto: Fernanda Psoa

Os servidores da saúde pública do Rio Grande do Norte declararam greve por tempo indeterminado no dia 5 de fevereiro, aprovada em uma assembleia da categoria no dia 24 de janeiro. O início da paralisação contou ainda com uma manifestação em frente à governadoria, no centro administrativo do estado.

A greve é resultado de “constantes ataques que os servidores estaduais vêm sofrendo nos últimos anos”, segundo as palavras do sindicato da categoria. Entre esses pontos citados, está o parcelamento dos salários de janeiro, que gerou revolta dos servidores que estão com os salários de dezembro e o 13º de 2018 ainda atrasados.

“Queremos um calendário de pagamento dos salários, que sejam pagos em dia. E exigimos o pagamento dos salários atrasados.”, afirmou coordenador-geral do sindicato dos trabalhadores em saúde.

Os trabalhadores protestam ainda contra um decreto governamental publicado em janeiro no qual o pagamento e o gozo da licença-prêmio foram suspensos. O decreto foi revogado pelo governo após reunião com o Fórum dos servidores, mas, segundo o sindicato, as direções dos hospitais estão proibido a solicitação da licença.

A greve abrange todo o Rio Grande do Norte e os serviços nas unidades de saúde estão reduzidos, com apenas 30% do efetivo dos servidores. Segundo a direção do Hospital Walfredo Gurgel, o maior hospital da rede pública estadual, apenas 50% dos servidores estão trabalhando na unidade.

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: