RO: Ataque incendeia três casas em aldeia do povo Makurap

RO: Ataque incendeia três casas em aldeia do povo Makurap

Print Friendly, PDF & Email


Com informações do Conselho Indigenista Missionário (Cimi)

 

A aldeia Anderé sofreu um ataque criminoso que resultou na destruição de três casas dos makurap no dia 29 de janeiro, em Alta Floresta D’Oeste, Rondônia. Ninguém saiu ferido, pois os indígenas estavam coletando castanha.

Os indígenas afirmaram que o ataque pode ter sido realizado por madeireiros que atuam na região.

“Já existiram alguns conflitos entre indígenas e não indígenas. Eles querem explorar em nossas aldeias. Tem muitos madeireiros e pescadores que rondam por aqui. Reclamamos que não queríamos mais eles em nossas terras. Não devem ter gostado e se vingaram”, explicou uma liderança em entrevista ao Cimi.

O ataque também resultou na destruição de uma motocicleta. A caixa d’água da comunidade apresentava perfurações de bala. Além disso, o gerador de energia que abastecia a comunidade indígena foi roubado.

A aldeia Anderé situa-se na Terra Indígena Rio Branco, localizada entre os municípios de Alta Floresta D’Oeste, São Francisco do Guaporé e São Miguel do Guaporé, onde vivem e resistem os povos Aikanã, Arikapú, Aruá, Djeoromitxí, Kanoê, Makurap e Tupari em uma área de 236 mil hectares.

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: