RO: Estudante de pedagogia é perseguida pelo DCE na UNIR

RO: Estudante de pedagogia é perseguida pelo DCE na UNIR

Print Friendly, PDF & Email

Reproduzimos a seguir mensagem enviada por uma estudante de pedagogia da Universidade Federal de Rondônia (Unir) denunciando perseguição e maquinação montada pelo Diretório Central dos Estudantes (DCE) ligado ao oportunismo eleitoreiro para incriminá-la e desbaratar sua atuação na universidade. Segue, também, a nota de repúdio do Centro Acadêmico de Pedagogia Zenildo Gomes da Silva – Campus Porto Velho.


“Caros Companheiros, estou sendo vítima de perseguição por compor a Comissão fiscal de Prestação de Contas do DCE, tentaram de tudo para deslegitimar a Comissão Fiscal atual e conformar uma com os seus membros. A ultima cartada está sendo me imputar crime de lesão agindo como juízes, onde a suposta vítima coordenadora do DCE diz ter sido espancada por mim e a única lezão que tem é segundo ela marca de unhas nas costas. Toda uma tentativa desenfreada de delegitimas a Comissão Fiscal. Um membro do DCE  do curso de Pedagogia fez um documento solicitando a destituição da gestão a qual faço parte no CAPED.

Keitty Cristina”

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: