RO: Intimidação e reintegração expulsam famílias camponesas de suas terras

RO: Intimidação e reintegração expulsam famílias camponesas de suas terras

Print Friendly, PDF & Email

Fileira de veículos da repressão cerca terras camponesas. Foto: G1.

Dezenas de policiais militares de três batalhões diferentes empreenderam uma covarde reintegração de posse contra cerca de três famílias camponesas no município de Pimenta Bueno, Rondônia, no dia 19 de fevereiro. A ação contou ainda com a presença de bombeiros e da Polícia Rodoviária Federal. As famílias tomaram e ocupavam as terras de um latifúndio improdutivo da região, para nele produzirem e viverem.

Segundo o monopólio da imprensa, paga pelo latifúndio da região, o grande contingente policial estaria lá “para garantir a segurança dos oficiais de justiça” contra os “invasores de propriedade rural”, referindo-se às famílias camponesas trabalhadoras como criminosas. Mas, o próprio monopólio não pôde esconder que as únicas parcelas produtivas do latifúndio são justamente àquelas ocupadas pelas famílias, fruto de seu trabalho.

As famílias não tinham qualquer vínculo com organizações da luta pela terra, motivo pelo qual foram despejadas sem grande dificuldade pelo velho Estado a serviço dos latifundiários. A expulsão das famílias, além disso, contraria o demagógico discurso do recém-indicado presidente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), o general Jesus Correa, que havia afirmado que promoveria “reforma agrária” para os camponeses “sem negociar com intermediários”. Na ocasião, denunciamos que seu objetivo com essa “negociação sem intermediários” era isolar os camponeses de suas organizações de luta para melhor enganá-lo, retirar sua força de resistência e seguir negando-lhe a terra a favor do latifundiário.

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: