RS: Camelôs colocam fogo em contêiner após apreensão de 7 mil produtos pela prefeitura

RS: Camelôs colocam fogo em contêiner após apreensão de 7 mil produtos pela prefeitura

Print Friendly, PDF & Email

Em justa rebelião, camelôs porto alegrenses viraram e incendeiam contêiner após ação criminosa da prefeitura de tomada de produtos. Foto: Laura Becker, agência RBS

No dia 24 de julho, uma operação criminosa levado à cabo pela prefeitura de Porto Alegre, junto da Brigada Militar (polícia militar) surrupiou 7 mil produtos dos trabalhadores ambulantes no centro histórico da cidade, assim como aproximadamente 1,5 mil quilos de frutas e verduras. Os trabalhadores, em justa rebelião, derrubaram um contêiner de lixo e o incendiaram.

Os bombeiros foram acionados para conter as chamas na esquina das avenidas Salgado Filho e Marechal Floriano. Nenhuma prisão foi realizada.

A ação da prefeitura ocorreu em quatro pontos simultâneos do Centro Histórico: nas avenidas Salgado Filho e Borges de Medeiros e nas ruas do Andradas e Voluntários da Pátria. 

Segundo a prefeitura, as mercadorias recolhidas serão encaminhadas para um depósito e só poderão ser recuperadas mediante “pagamento de multa e comprovação da procedência”.

Participaram da ação criminosa 60 agentes da Diretoria de Fiscalização da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Guarda Municipal e Romu, em conjunto com a Brigada Militar.

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: