RS: Manifestação rechaça cortes na Educação em Pelotas

RS: Manifestação rechaça cortes na Educação em Pelotas

Print Friendly, PDF & Email

No dia 11 de agosto, cerca de quarenta estudantes se reuniram no centro de Pelotas para protestar contra os recentes ataques à Educação. A manifestação ocorreu no chafariz do calçadão, centro da cidade. Os manifestantes reivindicavam o fim do teto de gastos, a revogação do Novo Ensino Médio e o passe livre irrestrito para os estudantes. Eles denunciavam que muitos estudantes chegam a faltar às aulas por não ter dinheiro para pagar a passagem até a escola.

O valor da passagem de ônibus em Pelotas foi definido pelo Consórcio de Transporte Coletivo de Pelotas (CTCP) no valor de R$ 5. Os estudantes têm direito a 50% de desconto, pagando R$ 2,50. Mesmo assim, em meio à grave crise do País, o pagamento da tarifa prejudica o orçamento das famílias.

Escolas sucateadas

Além das exigências, os estudantes secundaristas do Colégio Municipal Pelotense denunciaram o sucateamento do colégio. Segundo os alunos, a escola, que é a maior escola municipal da América Latina, possui diversos laboratórios em completo desuso, além da falta de recursos básicos como materiais escolares, papel higiênico e sabonete nos banheiros, dentre outros.

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: