Semana de mobilizações na UNEB contra os desmandos do governo na educação

Semana de mobilizações na UNEB contra os desmandos do governo na educação

Print Friendly, PDF & Email

Estudantes realizaram, no dia 18/03, um protesto contra os cortes de verbas destinadas à Universidade do Estado da Bahia (UNEB), no Departamento de Educação (DEDC). Na ocasião, alunos dos cursos de pedagogia, ciências sociais, psicologia, além de professores e funcionários da administração, mobilizaram, durante os três turnos do dia, debates na entrada principal do departamento.

O corte de verbas tem acarretado numa série de problemas para a instituição, como falta de água e internet, banheiros quebrados, ar-condicionados com defeito, falta de serventes de limpeza e vigilantes, dentre outros serviços.

O que ficou evidenciado nas falas dos professores e estudantes é que, diante do avanço reacionário e da política “neoliberal” por todo o país, o governo do estado (Rui Costa/PT) tem adotado uma posição de conluio com as políticas antipovo de sucateamento na educação, tanto no nível superior quanto no ensino médio, com o fechamento de escolas e defesa da militarização.

No dia 21/03 ocorreu uma Assembléia dos professores da universidade, como parte da preparação para a paralisação da categoria, que, além dos problemas enfrentados por toda a comunidade acadêmica, visam frear a possibilidade de votação da PL 23.096/2019. A PL tem como proposição permitir a manutenção do Regime de Trabalho e Dedicação Exclusiva (DE) a docentes afastados para exercerem funções de Secretário Estadual ou Ministro de Estado e a categoria também defende o retorno do Artigo 22 do Estatuto do Magistério, que foi retirado arbitrariamente, cortando dos docentes a possibilidade de maior dedicação à pesquisa, extensão e pós-graduação.

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: