SP: Comitês de Apoio de Sorocaba e Campinas realizam celebração dos 20 anos de AND

SP: Comitês de Apoio de Sorocaba e Campinas realizam celebração dos 20 anos de AND

Print Friendly, PDF & Email

Em 11 de fevereiro, os Comitês de Apoio ao AND de Sorocaba e Campinas realizaram uma celebração conjunta em razão dos 20 anos do Jornal A Nova Democracia. A comemoração contou atividades políticas, culturais e uma banquinha de venda de produtos disponíveis na loja do AND.

Estiveram presentes representantes do Movimento Classista dos Trabalhadores em Educação (Moclate), Alvorada do Povo (AP), Movimento Feminino Popular (MFP) e demais apoiadores do AND.

O ato político-cultural teve início às 14h com o canto do hino do proletariado, A Internacional. Em seguida, foi exibido um vídeo sobre os 20 anos do AND. A produção audiovisual emocionou e cativou a atenção de todos os presentes que puderam conhecer a jornada de luta traçada pelos membros construtores do jornal, até suas tarefas, na atualidade.

Posteriormente, o representante do Comitê de Apoio de Sorocaba homenageou os veteranos lutadores do povo e construtores da imprensa popular e democrática: Waldir Tavares, José Maria Galhasi, Beatriz Torres, José Moreira Chumbinho. Também foi feita uma saudação ao professor Fausto Arruda, diretor geral licenciado por problemas de saúde, um vídeo em homenagem a sua trajetória foi exposto e todos desejaram “Vida longa ao professor Fausto Arruda”. 

Um dos momentos mais marcantes da celebração foi a leitura da mensagem da Comissão Nacional das Ligas de Camponeses Pobres (LCP). A nota ressaltava a importância do AND para a construção do movimento democrático-revolucionário no campo, divulgando aos quatro cantos a bandeira da revolução agrária.

Evento contou com apresentações culturais. Foto: Banco de Dados AND
Ato político-cultural celebrou 20 anos de AND. Foto: Banco de Dados AND

Ao final da primeira etapa foi feita uma breve fala sobre a importância da recém fundação do Comitê de Apoio de Sorocaba, ressaltando a importância de expandir a todos os cantos do país o legado de mais de 20 anos que o AND carrega e, através da divulgação, continuar a contribuir pela Revolução Democrática e persistir até o fim!

O ambiente encontrava-se carregado de faixas com as consignas Viva a LCP!, Não Votar! Rebelar-se é justo!, A Nova Democracia. Apoie a imprensa popular e democrática!, além de inúmeros cartazes, apoiando os camponeses pobres e prestando homenagens a companheiros que tombaram ao longo da luta. Foi nesta atmosfera que o representante do Comitê de Apoio de Campinas iniciou uma fala sobre a atual situação política de nosso país e do mundo. Os presentes atentamente ouviram as colocações e ao final fizeram intervenções.

Exposição sobre a situação política nacional foi realizada por Comitê de Apoio de Campinas. Foto: Banco de Dados AND
O debate rondou temas como a defesa das liberdades democráticas e a necessidade da luta contra o Novo Ensino Médio. Foto: Banco de Dados AND

Um estudante secundarista tomou a palavra, demonstrou concordância com a análise política feita e apontou a importância da luta da juventude para barrar os ataques aos direitos democráticos duramente conquistados, destacando a mobilização popular pelo fim do Novo Ensino Médio. Além deste, os representantes de movimentos populares presentes deram prosseguimento na discussão.

O dia chuvoso na cidade interiorana não impediu a celebração, que se encerrou com inúmeras intervenções artísticas e culturais dos presentes. Foram recitados poemas e entoadas canções e um clima animado tomou conta do ambiente. Durante todo evento foram vendidos exemplares da edição 250 e demais produtos disponíveis na loja do AND. Para o encerramento do grandioso ato político-cultural, palavras de ordem reforçaram o caráter democrático do Jornal, saudando as duas décadas de resistência e luta deste farol da luta popular: Não leia, não leia, jornal da burguesia! Leia o Jornal A Nova Democracia!.

Banca com produtos de AND disponíveis para venda. Foto: Banco de Dados AND
Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: