SP: Dois ônibus são incendiados após adolescente ser assassinado pela Rota

SP: Dois ônibus são incendiados após adolescente ser assassinado pela Rota

Print Friendly, PDF & Email

Dois ônibus foram incendiados por moradores do bairro Cidade Tiradentes, na zona leste de São Paulo, na noite do dia 31 de maio. Segundo relatos, os trabalhadores fizeram a ação como forma de protesto após um jovem ser morto por militares das Rondas Ostensivas Tobias Aguiar (Rota) da Polícia Militar (PM), na noite do dia 30 de maio.

Os veículos foram incendiados nas ruas Cachoeira Morena e Inácio Moreno, distante apenas 3 km um do outro. Segundo testemunhas os manifestantes pediram para todos descerem e logo após incendiaram o coletivo. O corpo de Bombeiros foi acionado para apagar as chamas, porém ao chegar o veículo já estava completamente destruído.

Um dos ônibus incendiados por moradores revoltados com a violência policial ainda em chamas. Foto: Banco de Dados AND

Adolescente assassinado por policiais civis

Em outro caso, o adolescente Juan Ferreira, de 16 anos, foi assassinado no dia 21 de maio por dois policiais civis que invadiram a casa onde o jovem morava com a família em Sapopemba, na zona leste de São Paulo, e o assassinaram na frente dos três irmãos mais novos com oito tiros. O rapaz foi socorrido e morreu no hospital, testemunhas disseram que o jovem estava desarmado.

Segundo os policiais eles foram até a casa de Juan pois o garoto era “suspeito” de tentar “roubar a moto” de um dos agentes. Segundo a Rede de Proteção e Resistência contra o Genocídio, “não é porque o adolescente era suspeito de participação em um roubo que o policial poderia agir dessa forma. E, caso confirmada a versão da família, estaremos diante de um crime mediante vingança”.

O jovem Juan Ferreira de 16 anos, assassinado por policiais civis dentro de sua própria casa. Foto: Banco de Dados AND

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: