áfrica

Congo: 50 pessoas assassinadas em protesto contra missão da ONU comandada por general brasileiro

No dia 30/08, um protesto contra a ONU ocorreu em Goma, na República Democrática do Congo, que resultou em 48 pessoas assassinadas, e, de acordo com as autoridades, outras 75 feridas e 168 presas.
Lula promete reedição das políticas de "investimento" em Angola. Nos governos passados, as medidas ficaram conhecidas pelo enriquecimento esdrúxulo de grandes empreiteiras e pela exploração dos trabalhadores africanos.