crise institucional

Governo insiste em apaziguamento a qualquer custo e tenta marcar reuniões com Lira, Pacheco e STF

Os movimentos de Luiz Inácio são um novo passo da política de apaziguamento do governo para tentar resolver a crise institucional, mas até aqui a estratégia tem falhado.
Com origens no coronelismo de Alagoas, hoje é o rei do corporativismo parlamentar: Arthur Lira é a expressão do atraso do País.
Os pedidos ocorreram durante uma viagem de uma semana ao USA no início de março. Nela, Bolsonaro e a comitiva reuniram-se com parlamentares ianques e com o ex-presidente do USA, Donald Trump.