imprensa

Crônica: Liberdade de imprensa

Hoje em dia, já está perdida a tradição de abrir o jornal. “Que fazer? São os novos tempos”, penso. Mas escrevendo para um jornal, é meio derrotista a constatação. É de se duvidar, ainda, que as pessoas não querem ser informadas. As redes sociais bombardeiam informações, verdadeiras e falsas, e elas certamente são visitadas com frequência para esse fim.
O aceno de Lula à esquerda na política exterior – tímido, inclusive, pois em seus pronunciamentos sempre reconhece o direito de Israel em se defender contra o “terrorismo do Hamas” – busca encobrir sua entrega total, no plano interno, ao latifúndio, grande burguesia local e ao imperialismo.
Novo artigo do colaborador Marconne Oliveira destaca o papel do monopólio de imprensa no empreendimento genocida do Estado sionista de Israel