luta estudantil

RJ: Estudantes e trabalhadores vão às ruas em defesa da educação

Nesta terça-feira, 28 de maio, estudantes, professores e servidores das escolas e universidades do Rio de Janeiro realizaram uma combativa manifestação em defesa da recomposição orçamentária para a educação pública, reajustes salarial para os trabalhadores da educação, a revogação do Novo Ensino Médio, entre outras reivindicações.
No dia 25 de maio Luiz Inácio visitou o Município de Guarulhos em comício na entrega das faixas marginais da Rodovia Dutra e foi recebido por uma manifestação de estudantes da UniFeSP (Universidade Federal de São Paulo) que intervieram para condenar os cortes de verbas da Educação e exigir a recomposição orçamentária das faculdades federais.
No dia 9/05, o movimento estudantil independente da UFMA montou o Acampamento em solidariedade ao povo palestino, em defesa de sua resistência, contra a invasão à Rafah e contra o genocídio e limpeza étnica
Os professores da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) aprovaram, neste dia 27/03, indicativo de greve em resposta ao corte reacionário de verbas para a educação pública promovido por Luiz Inácio e à falta de reajuste salarial para a categoria, apesar dos esforços da diretoria de impedi-la. A decisão foi feita 2 semanas após o início da greve nacional dos servidores técnico-administrativos.
Em ato realizado no dia 08/12, na Lagoa da Jansen, em São Luís, estudantes do Coletivo Filhos do Povo (CEFP) distribuiu 750 panfletos durante a Feira Estadual da Agricultura Familiar, denunciando a grande escalada da violência no campo e da grilagem de terra no estado.
Após um mês de combativa ocupação da reitoria da UFMA, estudantes independentes conquistaram todas as suas demandas
Estudantes da USP realizam greve de ocupação pela contratação de professores e contra a precarização do ensino público.
No dia 11 de agosto, estudantes da Universidade Federal do Amazonas (UFAM) realizaram uma grande manifestação dentro do campus que teve como pautas o repúdio a violência policial na universidade.
Estudantes da cidade de Taubaté realizaram, no dia 18 de julho, uma manifestação exigindo melhor funcionamento do Hospital Municipal de Taubaté (Hmut) para o povo.
Estudantes de medicina exigem melhores hospitais para o povo. Foto: Reprodução/ TV Globo