Talibã derruba avião que transportava militares ianques de alta patente no Afeganistão

Talibã derruba avião que transportava militares ianques de alta patente no Afeganistão

Print Friendly, PDF & Email

Aeronave derrubada apresentava símbolos da Força Aérea ianque. Foto: Redes Sociais. 

No dia 27 de janeiro, o Emirado Islâmico do Afeganistão (Talibã) emitiu comunicado reivindicando a derrubada de um avião da empresa Ariana Afghan Airlines que transportava militares de alta patente do Exército ianque. O porta-voz do grupo, Zabihullah Mujahid, declarou que “o avião, que estava em uma missão de inteligência, foi derrubado em Sado Khel, área do distrito de Deh Yak, da província de Ghazni”. 

A aeronave foi encontrada a caminho de Cabul, em uma região sob o poder do expoente da Resistência Nacional afegã, que luta contra a invasão e ocupação do imperialismo ianque que ocorrem desde o ano de 2001. 

Segundo a nota oficial do Talibã, “toda a tripulação, juntamente com vários oficiais da CIA”, totalizando 80 pessoas, foram encontrados mortos. Além disso, ela inclui que na região de Helmand, Balkh e outras províncias próximas no país foram derrubadas outras aeronaves e helicópteros tanto do Exército ianque, quanto do Exército afegão, lacaio à ocupação.

Um vídeo divulgado na internet mostra os destroços do avião, com marcações na aeronave semelhantes às da Força Aérea ianque.

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: