Turquia: Militantes atacam à tiros o escritório do partido de Erdogan

Turquia: Militantes atacam à tiros o escritório do partido de Erdogan

Print Friendly, PDF & Email

Militantes do  Partido Comunista da Turquia/Marxista-Leninista (TKP/ML) atacaram à tiros o escritório do partido do presidente fascista Recep Erdogan, o Justiça e Desenvolvimento, no distrito de Pendik em Istambul AKP, no dia 7 de dezembro. A ação foi descrita como homenagem aos guerrilheiros do Exército de Libertação de Operários e Camponeses (Tikko) que caíram em luta na localidade de Dersim. jornal popular e democrático turco Yeni Demokrasi (A Nova Democracia) noticiou a ação após a chegada de informações via e-mail. 

Os reacionários, amedrontados, moveram o escritório do partido do governo de turno vigente para outro local no dia seguinte.

Na declaração dos guerrilheiros sobre a ação consta: “Os camaradas Nubar, Asmin, Rosa, Deniz, Muharrem, Özgür são nosso juramento pela luta, nossa certeza de resposta aos assassinos. Continuaremos a desenvolver esta luta, que está em curso à custa de nossas vida, desde nossa liderança até os nossos lutadores em todas as instâncias. Nossos heróis tombados são a garantia de nossa vitória, o nome da insistência na Guerra Popular até a Revolução de Nova Democracia. Respondemos hoje aos responsáveis pelo assassinato de nossos heróis hoje, assim como fizemos ontem, e o faremos amanhã!”.

Imagem descrita pelo Yeni Demokrasi como “meramente ilustrativa”. Fonte: Yeni Demokrasi.

Ao longo das últimas duas décadas, o jornal A Nova Democracia tem se sustentado nos leitores operários, camponeses, estudantes e na intelectualidade progressista. Assim tem mantido inalterada sua linha editorial radicalmente antagônica à imprensa reacionária e vendida aos interesses das classes dominantes e do imperialismo.
Agora, mais do que nunca, AND precisa do seu apoio. Assine o nosso Catarse, de acordo com sua possibilidade, e receba em troca recompensas e vantagens exclusivas.

Quero apoiar mensalmente!

Temas relacionados:

Matérias recentes: